sábado, 11 de agosto de 2018

Oitava Lição – Obstipação

Para nos falar deste mal, objeto desta lição, damos a boas vindas ao Dr. do Vale, perito em obstipação. Esteve ele para ter outro nome, pensei antes em convidar o Dr. da Conceição, mas como a rima saiu trocada, o Dr. do Vale será o especialista de eleição. Bom dia meus meninos, fui chamado de emergência, para vos falar do que sei, pois suspeita-se, que depois da lição de ontem alguns de vós padeceis de uma maleita. Tendes os olhos um pouco baços, como quem tem uma aflição, receio que andeis a braços com um problema na digestão. Das consequências estou eu certo, e das causas posso adivinhar, que por causa do que ouvistes ontem, vos pusestes a cogitar. Tem disto a mente humana, perturba-se o fundamental, e por razões bem acessórias desnorteia-se o trato intestinal. E da minha experiência vos digo, que quando aos outros vos comparais, vos sentis injustiçados pela mãe natureza, que não vos deixa andar com passos normais. Muitas vezes sou chamado à barra, para por uma ordem no mundo, mas sempre digo, e repito, sou médico não sou advogado, posso curar mas não dou reparo. Mas percebo com empatia, as vossas razões, o que para uns é célere, para os outros está cheio de entraves e travões. E se tentardes descortinar, de longos processos vos irão falar, metros e metros de intestino que é necessário percorrer até chegar ao destino. Todo ele cheio de curvas e contracurvas, foi o caminho desenhado para o que tem olho e é experimentado. Por isso não desesperam, andam sempre folgados, se a coisa corre depressa, logo interpõem um logos e um cajado. E se a matéria desperta, entram em modo de exceção, convidam um matulão, um homem de leis bem engendrado, capaz de questionar uma digestão. Homem esperto e preparado, quando fala a uma multidão, explica-lhes que daqui ninguém sai, pois está tudo interligado. Gera-se depois um rebuliço, gases para um e o outro lado, correndo a multidão em alvoroço de encontro às paredes que colocaram de reforço. De tamanha confusão, nada se pode esperar, são horas e horas de discussão, onde não se sai do lugar. É assim o mundo, e eu sou um privilegiado, porque me posso sentar em cima desta maleta, que é uma excelente bancada para se observar a opereta. Nisso tem o médico vantagem, sobre os restantes arranjadores, não necessita de inventar nada, basta-lhe repor os humores. Por isso se insistis comigo, que quereis recorrer à justiça, o que vos posso aconselhar é que deveis comer mais hortaliça. Ainda que aqui talvez não tenha sido o caso, pois hoje em dia não há pai nem mãe, que não preste atenção a uma boa alimentação, com legumes e fruta a cada passo. Intimamente culpais, se assim o posso dizer, esse verme escorregadio que aqui vos veio everter. Se calhar achais que as coisas que ocorrem lá dentro, são reais são, mas é nefasto trazê-las cá para fora, que só fazem ebulição. E agora questionais essa vontade de aprender, tendes dúvidas se vale a pena procurar tudo saber. A lição que tenho para vos dar, uma vez compreendais de que percalços é feito o assimilar, é que o saber nunca ocupou lugar.

Sem comentários:

Enviar um comentário